Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Full Frame

BB King morre aos 89 anos

18412540_ND29t.jpeg

 

Com mais de 50 discos vendidos em cerca de 60 anos de carreira e com 16 Grammys, BB King morreu ontem (14 de Maio) aos 89 anos em LasVegas. No início de Abril foi internado após sofrer de desidratação, causada pela diabetes tipo II com a qual lidava há mais de duas décadas. Em 1987 entrou para o "Rock and Roll Hall of Fame".

 

Cantor, compositor e guitarrista, BB King, considerado por muitos como o "Rei dos Blues", era apreciado pelos seus solos peculiares. Ao contrário de muitos outros guitarristas, destacava-se por utilizar poucas notas nos seus solos e chegou a trabalhar com grandes nomes do panorama musical como Eric Clapton, Rolling Stones e Joe Cocker

 

 

Considerado pela Rolling Stone em 2011 como o melhor guitarrista de todos os tempos.

 

 

Em 1948 iniciou a sua carreira num programa de rádio que impulsionou desde logo a sua carreira. Quatro anos mais tarde, edita o seu primeiro grande tema "Three O'Clock Blues", incluído no seu primeiro disco intitulado "Singin 'the Blues".

 

 

 

Com os olhos todos postos em BB King, em 1969, o guitarrista escolhido para a abertura de 18 concertos dos Rolling Stones na sua tournée nos Estados Unidos. Mais tarde, participou no Newport Jazz Festival, no Kool Jazz Festival New York, assim como na grande maioria de festivais de Jazz por pouco por todo o mundo. 

 

 

"Lucille" era o nome dado à guitarra que o acompanhava sempre e foi também título de um dos discos do guitarrista.

 

 

"Rock Me Baby" (1964), "The Thrill is Gone" (1969), "When Love Comes to Town" (1988) são alguns dos clássicos de BB King que, em conjunto com os U2, influenciaram e inspiraram Rui Veloso.  Em 1990, no Casino Estoril, o "rei dos blues" atua ao lado do "pai do rock português" realizando assim o sonho de uma vida do músico português.